Governo paulista inaugura infocentro para PPD's

Um laboratório de informática especial, instalado no centro da cidade de São Paulo, vai permitir que pessoas portadoras de deficiência visual consigam acessar a internet gratuitamente. Os microcomputadores possuem um software chamado Virtual Vision, que lê para o usuário as informações que aparecem escritas na tela. Para ter acesso aos equipamentos, os interessados terão que agendar os horários de utilização pelos telefones: (11) 3151-4125 ou 3151-5761.



A inauguração aconteceu no final do mês de março, pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB). Este é o 43º Infocentro entregue pelo Governo do Estado na Capital, mas segundo Alckmin é uma unidade especial, porque possibilita o aprendizado, a inclusão social e a independência dos portadores de deficiência visual. "E é ainda mais importante para a sociedade, porque ela não pode prescindir do talento e da capacidade dessas pessoas", disse Alckmin.



O Infocentro foi implantado na Escola Estadual Profª. Marina Cintra, na Rua da Consolação, nº 1.289. Na mesma escola funciona o Centro de Treinamento Mário Covas, criado pela Associação dos Deficientes Visuais e Amigos (Adeva), que oferece cursos de qualificação profissional aos portadores desta deficiência.



O presidente da ADEVA, Markiano Charan Filho, foi um dos idealizadores do Infocentro especial. Para ele, é um horizonte amplo que se abre aos portadores de deficiência visual. "Eles passam a ter acesso rápido às informações de jornais e revistas. Também podem acessar sua conta bancária ou buscar opções de lazer. Enfim, ter acesso a todos os serviços e facilidades que a internet oferece", afirmou.

volta